| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

O Pão
Desde: 13/05/2002      Publicadas: 148      Atualização: 07/07/2004

Capa |  AGENDA  |  HEPATITES VIRAIS  |  LEGISLAÇÃO  |  PREVENÇÃO  |  TRANSPLANTE  |  TRATAMENTO


 LEGISLAÇÃO

  26/04/2004
  0 comentário(s)


RJ : MP pede reparação por uso indevido de verbas da saúde

O Ministério Público quer que o do Rio de Janeiro repare os danos decorrentes da destinação incorreta e inadequada orçamentária vinculada à saúde de 2003, feita em desobediência às normas da Emenda Constitucional nº 29/2000. O estado é acusado de deixar de alocar à saúde R$ 292.568 mil de somente em 2003.

A Ação Civil Pública com pedido de liminar é da promotora de Justiça Gláucia Santana, titular da 6ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva da Cidadania. Ela pede que o estado seja condenado a pagar o mesmo valor, não aplicado, como indenização.

Na petição inicial, dirigida ao juiz da 10ª Vara de Fazenda Pública da Comarca da Capital, Gláucia denuncia que o estado "vem, de maneira contumaz, desviando-se do mandamento constitucional, sonegando à área da saúde os preciosos recursos que a ela deveriam estar exclusivamente vinculados, valendo-se de expedientes diversos que evidenciam, incontestavelmente, verdadeira fraude à lei".

Ela informa que, segundo dados obtidos junto ao Ministério da Saúde, o Estado do Rio de Janeiro, desde a edição da Emenda nº 29/2000, até o mês de dezembro de 2003, R$ 700 milhões.

A promotora destaca, ainda, que "levando-se em conta apenas o Relatório Resumido da Execução Orçamentária do Governo do Estado do Rio de Janeiro, no que pertine às despesas próprias com saúde, o Ministério Público aponta, por ora, a prática de irregularidades”, como a exclusão de recursos do Fundef e realização de despesas com recursos do FES com ações e serviços não previstos no Plano Estadual de Saúde.

O MP pede a condenação do estado do Rio de Janeiro no valor "que poderá vir a ser corrigido por ocasião da prestação de contas final, devendo esta reparação se dar na forma de aporte proporcional deste mesmo valor, devidamente atualizado, nos programas de saúde previstos no Plano Estadual de Saúde, excluídos, por óbvio, os programas cuja alocação na área da saúde estejam sendo contestados na presente demanda".

Quer, por fim, que "seja o Estado do Rio de Janeiro condenado a se abster de executar políticas públicas com recursos do Fundo Estadual de Saúde que não estejam previstas no Plano Estadual de Saúde, sob pena de multa". (MP-RJ)

Revista Consultor Jurídico, 26 de abril de 2004



  Mais notícias da seção GERAL no caderno LEGISLAÇÃO
17/06/2004 - GERAL - Doente crônico é equiparado a deficiente físico para receber benefício.
Benefício concedido - INSS tem de dar amparo assistencial a doente crônico - O portador de doença crônica que tem sua incapacidade atestada em laudo pericial pode ser equiparado a deficiente físico para receber o benefício de amparo assistencial. ...
10/06/2004 - GERAL - Bioética no Brasil
Bioética no Brasil - Debora Diniz* - Da medicina ao direito, fala-se em bioética. Os temas de bioética estão na pauta diária da mídia internacional: aborto, clonagem, eutanásia, Projeto Genoma Humano e transplante de órgãos são algumas das questões bioéticas mais conhecidas. A bioética faz parte do debate legislativo, político e ético de grande par...
21/05/2004 - GERAL - Quadrilhas concorriam para fraudar o Ministério da Saúde.
21/05/2004 - 06h00 - FABIANE LEITE - da Folha de S.Paulo - LUCIANA CONSTANTINO - ANDRÉA MICHAEL da Folha de S.Paulo, em Brasília - Mais de uma quadrilha de empresários e lobistas agia recentemente no Ministério da Saúde com o auxílio de funcionários públicos da área de compras, segundo as investigações realizadas pelo Ministério Público Federal e a...
20/05/2004 - GERAL - Ministério da Saúde divulga nota sobre suposta fraude de R$ 2 bi.
20/05/2004 - 14h29 - da Folha Online - O Ministério da Saúde divulgou nota sobre a Operação Vampiro, da Polícia Federal, que que prendeu integrantes de uma suposta quadrilha que, atuando no ministério, teria causado prejuízo de R$ 2 bilhões aos cofres públicos desde 1990 manipulando licitações destinadas à compra de hemoderivados --proteínas extraí...
20/05/2004 - GERAL - PF prende acusados de desviar R$ 2 bi da saúde.
Clipping Saúde - Por:imprensa em:20/5/2004 - Jornal:Correio Braziliense - Depois de um ano e dois meses de investigações, a Polícia Federal prendeu ontem 14 suspeitos de participar de um esquema que fraudava a compra de derivados de sangue e pode ter causado um prejuízo de R$ 2 bilhões aos cofres públicos. Entre os acusados, estão empresários, lobi...
20/05/2004 - GERAL - Deputados cobram R$ 600 milhõespara a Saúde.
BRASÍLIA. Um grupo de deputados da Frente Parlamentar da Saúde pediu ontem o apoio do presidente do Tribunal de Contas da União (TCU), Valmir Campelo, para cobrar do governo a aplicação de cerca de R$ 600 milhões do Orçamento da Saúde de 2003, realizada em desacordo com a emenda que vinculou recursos do setor ao Produto Interno Bruto (PIB). Esses ...
19/05/2004 - GERAL - PF lança operação para prender acusados de fraude em licitação na Saúde.
19/05/2004 - 07h48m - Jailton de Carvalho - O Globo - BRASÍLIA - A Polícia Federal acaba de deflagrar a Operação Vampiro para prender 17 pessoas acusadas de fraudar licitações de compra de hemoderivados pelo Ministério da Saúde. ...
15/04/2004 - GERAL - Conselho gestor poderá ser estendido a todo o SUS
Sex, 19 Mar - 11h09 - Agência Estado - Um modelo já adotado pelas unidades públicas municipais de saúde da capital paulista pode se estender para todo o País, incluindo as entidades filantrópicas que atendem pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Tramita na Câmara dos Deputados um projeto de lei que institui a organização de conselho gestor para cada u...



Capa |  AGENDA  |  HEPATITES VIRAIS  |  LEGISLAÇÃO  |  PREVENÇÃO  |  TRANSPLANTE  |  TRATAMENTO