| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

O Pão
Desde: 13/05/2002      Publicadas: 148      Atualização: 07/07/2004

Capa |  AGENDA  |  HEPATITES VIRAIS  |  LEGISLAÇÃO  |  PREVENÇÃO  |  TRANSPLANTE  |  TRATAMENTO


 TRATAMENTO

  09/04/2004
  0 comentário(s)


Remédios sobem acima do permitido

Rio, 09 de abril de 2004 Versão impressa -Ledice Araujo - Nova tabela enviada às farmácias tem 48 apresentações de medicamentos com reajustes acima do índice máximo autorizado de 6,2%.

A Associação Brasileira do Comércio Farmacêutico (ABCfarma) começou a distribuir ontem às farmácias de todo o país os novos cadernos de preços dos remédios reajustados em 5,7%, em média. A lista inclui 9.606 medicamentos mais caros este mês, entre os quais 48 apresentações com aumentos acima do índice máximo de 6,2%, permitido pela Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (Cmed).

Segundo pesquisa da Federação Brasileira da Indústria Farmacêutica (Febrafarma), a relação dos que excederam o limite totaliza 166 apresentações, mas 118 referem-se a remédios sem controle de preços. São os fitoterápicos, homeopáticos e os de venda livre (cerca de 1.800), sem tarja vermelha, liberados ano passado por serem de grande concorrência.

Anvisa está conferindo listas e notificará indústrias

A Febrafarma esclareceu que está entrando em contato com as empresas para verificar, caso a caso, o motivo do problema. A Anvisa explicou que ontem foi o último dia para os laboratórios apresentarem os produtos com reajustes. Todos as mudanças estão sendo conferidas e a lista completa com os medicamentos que tiveram os preços alterados deverá ser publicada no dia 15.

Em caso de reajustes acima do limite de 6,2%, a indústria será notificada e terá que alterar a tabela esclareceu um técnico da Anvisa.

Pela pesquisa da Febrafarma, as novas tabelas da revista ABCfarma incluem 12.071 apresentações de medicamentos — 1.054 a menos que a da edição de março. Da lista, 1.860 remédios (15,4%) não registraram aumentos de preço. As tabelas indicam os preços máximos de venda ao consumidor. Mas, na prática, o valor efetivo é fixado com base nas negociações entre indústrias, distribuidores e varejistas. Nesse processo são levados em conta quantidades compradas, prazos e descontos.

O Sindicato das Farmácias do Rio informou que, devido ao feriado, as revistas da Abcfarma só chegarão às lojas a partir de segunda-feira. As poucas farmácias que receberem os cadernos não deverão antecipar a alta no fim de semana devido à forte concorrência.



  Mais notícias da seção MEDICAMENTOS no caderno TRATAMENTO
10/06/2004 - MEDICAMENTOS - SAÚDE ANUNCIA PACOTE COM NOVAS REGRAS PARA LICITAÇÕES.
Data: 3/6/2004 - Editoria: Brasil = Página: A6 - Ministério nega que conjunto com 11 medidas tenha sido feito às pressas e que normas em vigor fossem vulneráveis - Por: EDUARDO SCOLESE e ANDRÉA MICHAEL, DA SUCURSAL DE BRASÍLIA - Duas semanas após a Polícia Federal ter deflagrado a Operação Vampiro, o Ministério da Saúde anunciou ontem um pacote d...
10/06/2004 - MEDICAMENTOS - Remédios baratos elevam custo global de saúde. No mundo da inovação.
Fonte: Gazeta Mercantil, sexta-feira, 04 de junho de 2004 - A visão de que a escolha de medicamentos mais baratos leva a menores custos é freqüente, mas não leva em conta os custos globais para o sistema de saúde secundário, com resultados clínicos inferiores ou maior número de efeitos colaterais. ...
08/06/2004 - MEDICAMENTOS - EUA e farmacêuticas têm pacto contra remédio barato, diz OMS
08/06/2004 - Órgão aponta conluio para impor acordos em que países pobres abram mão de direitos - Marta Costa-Pau Em Barcelona - Germán Velásquez, coordenador do Programa de Ação de Drogas da OMS (Organização Mundial da Saúde), denunciou nesta segunda-feira (07/06) que as indústrias farmacêuticas e a pressão dos Estados Unidos estão obstruindo a ad...
26/05/2004 - MEDICAMENTOS - Rio de Janeiro - Grupo pede medicamentos contra aids e Hepatite C.
Agência Estado - Clarissa Thomé - 24/05 - A falta de medicamentos contra infecções oportunistas nas farmácias da Secretaria Estadual de Saúde levou ativistas do Fórum Estadual Ongs/Aids a fazerem um protesto no centro da cidade na manhã de hoje. ...
18/05/2004 - MEDICAMENTOS - EUA incentivarão genéricos contra Aids.
RAFAEL CARIELLO - DE NOVA YORK - Mudança de política poderá permitir o uso futuro de remédios em programas de assistência internacional à luta contra a doença. ...
18/05/2004 - MEDICAMENTOS - Remédio para diabético e hipertenso terá subsídio a partir de setembro.
DA SUCURSAL DE BRASÍLIA - Pacientes com hipertensão e diabetes devem, a partir de setembro deste ano, contar com subsídio do governo federal para a compra de medicamentos em farmácias e encontrar os produtos em locais de atendimento do SUS (Sistema Único de Saúde). ...
18/05/2004 - MEDICAMENTOS - Brasil integra bloco de combate à aids.
Ter, 18 Mai - 09h55 - Agência Estado - Brasil, Índia, China, Tailândia, África do Sul, Rússia, Nigéria e Uganda formaram um grupo para atuar juntos no combate à aids e contrabalançar as posições dos países ricos nos debates sobre as estratégias contra a doença. ...
13/05/2004 - MEDICAMENTOS - Canadá: sinal verde para acesso dos países pobres a remédios genéricos.
13/05/2004 - 20h49 - OTTAWA, 13 Maio (AFP) - O Canadá se tornou nesta quinta-feira o primeiro país industrializado a modificar sua legislação para facilitar o acesso aos remédios genéricos, sobretudo para o tratamento da Aids nos países mais pobres. ...
03/05/2004 - MEDICAMENTOS - A onda de fusões no setor farmacêutico não beneficia o consumidor.
Rio, 03 de maio de 2004 - Consumidor paga por fusões de laboratórios - Deborah Berlinck - Correspondente - PARIS. A onda de fusões no setor farmacêutico — que culminou, na semana passada, com a união das indústrias francesas Aventis e Sanofi, criando o terceiro maior grupo farmacêutico do mundo — não beneficia o consumidor. Ao contrário: os remédio...
02/05/2004 - MEDICAMENTOS - Laboratórios buscam superdrogas contra a Aids e hepatite C
São Paulo, domingo, 04 de janeiro de 2004 - AURELIANO BIANCARELLI DA REPORTAGEM LOCAL - Os laboratórios norte-americanos têm 83 novas drogas em pesquisa contra o HIV/Aids. Todas estão em fase de ensaio clínico com humanos ou aguardando aprovação do FDA, o órgão dos EUA que controla medicamentos. Nesse pacote estão 15 vacinas. ...
01/05/2004 - MEDICAMENTOS - Pegilação do interferon
O polietilenoglicol (PEG) é uma pequena molécula que pode ser polimerizada em longas cadeias, sendo anexada a proteínas. As proteínas pegiladas têm meia-vida mais longa que seus compostos parentais não modificados, mas, essencialmente, retêm sua atividade biológica. A meia-vida da proteína pegilada é influenciada por muitos fatores, mas o tamanho d...
16/04/2004 - MEDICAMENTOS - Mais de mil remédios tiveram preços reajustados acima do teto
por: Salezia Sá - 16/04/2004 12h45 - SÃO PAULO - O Instituto Brasileiro de Defesa dos Usuários de Medicamentos (Idum) constatou que no mês de abril 1.104 medicamentos foram reajustados acima do limite máximo permitido pelo governo, que é de uma alta dos preços da ordem de 6,2%....
28/03/2004 - MEDICAMENTOS - ESTADO DO RIO DE JANEIRO NÃO FORNECE REMÉDIOS ESPECIAIS
28/03/2004 - Governo não consegue cumprir lei de medicamentos de uso continuado. Enquanto o estado de São Paulo, na sua última licitação, comprou o remédio interferon peguilado a R$ 712,99, aqui no Rio chega-se a pagar uma diferença de R$ 320,93 a mais por frasco, 44% no valor final da compra....



Capa |  AGENDA  |  HEPATITES VIRAIS  |  LEGISLAÇÃO  |  PREVENÇÃO  |  TRANSPLANTE  |  TRATAMENTO